06 dezembro 2019

Curiosidades: Qual a origem do presépio? | Exposição de Presépios na Biblioteca Municipal Albufeira


Amigos e Amigas
No dia 7 de Dezembro 2019, pelas 15 horas,  irá decorrer a abertura da Exposição de Presépios, da autoria da Paróquia de Nossa Senhora da Conceição de Albufeira, na Biblioteca Municipal Lídia Jorge de Albufeira.



A Exposição estará patente ao público até ao dia 8 de Janeiro de 2020.
Contamos com a Vossa presença!

 Curiosidade:

O Primeiro Presépio... 

Qual a origem do presépio?

A palavra “Presépio” tem origem no hebreu, significando “manjedoura” ou “estábulo”. 

As primeiras imagens que representam a Natividade, e em que figuram Jesus, Maria e José, encontram-se desde o século VI, em mosaicos, no interior de igrejas e templos.

São Francisco começou a divulgar a ideia de criar figuras de barro que representassem o acontecimento, construindo em 1223 o primeiro presépio. 

A partir dessa altura, a ideia passou para os conventos e casas nobres, com representações cada vez mais luxuosas, algumas consideradas autênticas obras de arte. 

Num processo de mimetismo, e com as adaptações necessárias às posses de cada casa, os presépios foram-se tornando mais vulgares, mais simples, mais populares. Ao mesmo tempo, foram-se-lhe acrescentando mais figuras: o burro, a vaca, os reis magos, pastores, ovelhas, anjos…
 Em Portugal, surgem documentados presépios, ligados a instituições religiosas, no século XVI. 
A sua generalização acontece no século XVII, sofrendo um forte desenvolvimento no período Barroco, em que grandes barristas como Machado de Castro e António Ferreira executam alguns dos mais ricos e belos exemplares hoje preservados. 
No século XIX, o presépio começou a ser objecto da arte popular, caindo em desuso a criação destes presépios monumentais.
FONTE: http://blx.cm-lisboa.pt/gca/?id=898

Curiosidades: A mais pequena Biblioteca do Mundo...

A mais pequena Biblioteca do Mundo...

É verdade! A biblioteca mais pequena do mundo está instalada dentro de uma cabine telefónica vermelha, na também pequena localidade Sommerset em Gales, Inglaterra.


    

Muitas destas típicas cabines britânicas foram desactivadas ao longo dos anos, pelo que, recentemente, esta cidade comprou uma dessas relíquias pelo modesto valor de 1 libra apenas, usando-a como biblioteca, uma vez que a biblioteca local tinha fechado.
 
Aqui estão arquivados cerca de 100 livros e uma variedade de filmes e cd's musicais. Os leitores formam fila cá fora para devolver os livros que já leram. E a regra que se aplica em todas as bibliotecas é a mesma que reina aqui:
Silêncio, por favor!
 


Em Portugal:
 A ideia começou com os moradores de uma pequena aldeia de Inglaterra, que pela primeira vez se lembraram de transformar uma das cabines telefónicas clássicas encarnada na mais pequena biblioteca do mundo. 
Por cá, o movimento partiu de uma parceria entre a Altice Portugal (através da Fundação PT) e a junta de freguesia de Barcelinhos, em 2013, e cinco anos depois conta já com uma rede de 20 microbibliotecas.

Fruto do sucesso da ação - onde foi dinamizada a iniciativa Livros do Cávado, com publicações disponíveis para moradores e turistas -, a Fundação PT foi enraizando por todo o país, incluindo Açores e Madeira, cabines telefónicas transformadas em diversos tipos de equipamento urbano, espaços criativos, vocacionados para a leitura.

A Junta de Freguesia de Santa Maria Maior, de Lisboa recebeu também a sua primeira microbiblioteca que foi inaugurada com o apoio da Altice Portugal, com a presença do presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina, e uma representante do Plano Nacional de Leitura.

 
As várias microbibliotecas já distribuídas um pouco por todo o país são dinamizadas pela Fundação PT, que reaproveita cabines telefónicas e, mediante parcerias com entidades autárquicas ou outras, assegura a sua adaptação, colocação e dinamização com o objetivo de estreitar laços comunitários, exercitar a cidadania e fomentar a leitura num espaço totalmente inesperado, com o mote:

"Levar, doar, ler, devolver".

Autênticas bibliotecas comunitárias, as antigas cabines telefónicas da então Portugal Telecom permitem materializar uma iniciativa de promoção da leitura através da integração no seu interior, não de um telefone público, mas de um amontoado de livros, num apelo direto ao ato de ler.

FONTE:  https://www.dn.pt/cidades/santa-maria-maior-ganha-biblioteca-numa-cabine-telefonica-9578970.html
 

Hora do Conto: Visita da Escola Básica de 1º Ciclo de Vale Parra - 6 Dezembro 2019

No dia 6 de Dezembro 2019, a 
Biblioteca Municipal Lídia Jorge de Albufeira;
recebeu a visita da Escola Básica de 1º Ciclo de Vale Parra, nomeadamente
a sala do 1º ano da professora Marta Simões. 
 
A visita começou com a apresentação da sala infanto-juvenil;
com a explicação acerca dos diferentes materiais que se podem requisitar na biblioteca 
e as regras para se requisitar esses materiais.
 
 E falou-se ainda um pouco acerca da organização e arrumação dos Livros na Biblioteca
e acerca dos Cuidados a ter com os Livros.
 
De seguida, as crianças foram convidadas a entrar 
no renovado cantinho da Biblioteca onde decorre a Hora do Conto

«A Casinha de Histórias da Avózinha e o seu Jardim Secreto...»
 
 Onde foi apresentada a história:
 
 
 
 Por uma questão de gestão de tempo; foram oferecidos às crianças  
Marcadores de Livros 
 para serem realizados na escola; e mais tarde, levar para casa, 
como recordação da visita realizada à Biblioteca.

Obrigado pela Vossa Visita Amigos e Amigas 
da Escola Básica de 1º Ciclo de Vale Parra...

Programa «Férias Escolares + Diversão = Biblioteca» - NATAL 2019

Amigos e Amigas,
A Biblioteca Municipal Lídia Jorge de Albufeira, informa que
como habitualmente, 
durante o período de férias escolares do NATAL, irá decorrer no setor infantil, 
o Programa "FÉRIAS ESCOLARES + DIVERSÃO = BIBLIOTECA" | NATAL 2019;
mediante inscrições prévias e obrigatórias
realizadas pelo encarregado de educação,
 a partir de dia  5 de Dezembro 2019. 





Contactos para Informações: 
 
289 598 857 | 289 599 507
 dramos.1793@cm-albufeira.pt | biblioteca@cm-albufeira.pt

Vamos Lembrar: Dia Internacional do Voluntariado

Dia Internacional do Voluntariado

O Dia Internacional do Voluntariado é celebrado todos os anos no dia 5 de dezembro.
A data tem como objetivo incentivar e valorizar o serviço voluntário em todo mundo.
A data foi proclamada em dezembro de 1985 pelas Nações Unidas.

O Voluntariado em Portugal

Em Portugal, o voluntariado tem vindo a aumentar, tanto ao nível das organizações que promovem o voluntariado, como a nível da quantidade de voluntários existentes.
Ainda assim, o número de voluntários em Portugal é reduzido, se comparado à média europeia.

O voluntariado é um ato de cidadania, sendo cada vez mais uma componente importante no percurso de vida das pessoas, contribuindo para reduzir as disparidades sociais e para promover a necessidade e o dever de ajudar o próximo. Para o voluntário é também um ato recompensador, ajudando a alcançar o sentimento de auto-realização.

Neste dia realizam-se atividades como a recolha de alimentos em hipermercados, com cerca de 40 mil voluntários espalhados pelo país.

Razões para fazer voluntariado

  • Ajudar o próximo
  • Bem-estar
  • Conhecer novas pessoas
  • Convívio
  • Ganhar experiência
  • Conhecer novas realidades
  • Vencer obstáculos
FONTE:  https://www.calendarr.com/portugal/dia-internacional-do-voluntariado/


Ser Voluntário é Participar...

Por exemplo em Albufeira organizam-se as Cãominhadas solidárias !!

Estas iniciativas tem por objetivo, proporcionar um passeio divertido e diferente aos cães que se encontram a viver no canil e  também visam a  angariação de donativos (biscoitos, ração, trelas, coleiras, brinquedos, mantas, entre outros) que serão usados para dar apoio a famílias de acolhimento de animais e para ajudar pessoas que por questões financeiras têm dificuldade em cuidar dos seus animais.
 

 
 Participa ...

04 dezembro 2019

Hora do Conto: Visita do Jardim de Infância de Vale Pedras - 4 Dezembro 2019

No dia 4 de Dezembro 2019, a 
Biblioteca Municipal Lídia Jorge de Albufeira;
recebeu a visita de mais uma sala do Jardim de Infância de Vale Pedras, nomeadamente
a sala da Educadora Ana Cristina Brazão.
 
A visita começou com a apresentação da sala infanto-juvenil;
com a explicação acerca dos diferentes materiais que se podem requisitar na biblioteca 
e as regras para se requisitar esses materiais.
 
 E falou-se ainda um pouco acerca da organização e arrumação dos Livros na Biblioteca
e acerca dos Cuidados a ter com os Livros.
 
De seguida, as crianças foram convidadas a entrar 
no renovado cantinho da Biblioteca onde decorre a Hora do Conto

«A Casinha de Histórias da Avózinha e o seu Jardim Secreto...»
 
 Onde foi apresentada a história:
 
 
Após o momento passado no cantinho das histórias, as crianças puderam consultar os muitos Livros 
disponíveis na Biblioteca.



 
 Por uma questão de gestão de tempo; foram oferecidos às crianças  
Marcadores de Livros alusivos à temática do Natal;
 para serem realizados na escola; e mais tarde, levar para casa, 
como recordação da visita realizada à Biblioteca.

Obrigado pela Vossa Visita Amigos e Amigas 
do Jardim de Infância de Vale Pedras...

Hora do Conto: Visita da Academia dos Marinheiros - 3 Dezembro 2019

No dia 3 de Dezembro 2019, a 
Biblioteca Municipal Lídia Jorge de Albufeira;
recebeu a visita da Academia dos Marinheiros, nomeadamente
a sala da Educadora Rita.
  
A visita começou com a apresentação da sala infanto-juvenil;
com a explicação acerca dos diferentes materiais que se podem requisitar na biblioteca 
e as regras para se requisitar esses materiais.
 
 E falou-se ainda um pouco acerca da organização e arrumação dos Livros na Biblioteca
e acerca dos Cuidados a ter com os Livros.
 
De seguida, as crianças foram convidadas a entrar 
no renovado cantinho da Biblioteca onde decorre a Hora do Conto
 
«A Casinha de Histórias da Avózinha e o seu Jardim Secreto...»

    Onde foi apresentada a história:
 
 
Após o momento passado no cantinho das histórias, as crianças realizaram Marcadores de Livros, alusivos à temática do Natal, para levar para casa, como recordação da visita realizada à Biblioteca.  








Por último, as crianças puderam consultar os muitos Livros 
disponíveis na Biblioteca.
 
Obrigado pela Vossa Visita Amigos e Amigas 
da Academia dos Marinheiros...