dezembro 26, 2011

Foi assim no dia 23 Dez. na Biblioteca

No dia 23 de Dezembro de 2011, as crianças assistiram ao filme «O Gang do Pi», o grupo pediu para mudar o filme, pois estava previsto ver o «Quebra-Nozes» e a maioria acabou por decidir esta alteração. Mais uma vez a sala da Hora do Conto, transformou-se numa sala de cinema, e só faltaram as pipocas.


Depois do filme, as crianças puderam consultar alguns livros alusivos à época natalícia.
E depois, deu-se inicio ao segundo Atelier de «Pinturas & Rabiscos», onde se pintaram mais desenhos sobre o Natal e se realizaram Postais para oferecer à familia e amigos.


E assim se passou uma semana de férias, muito bem ocupadas, a ouvir histórias, a ver livros e a fazer lembranças de Natal, de uma forma saudável e divertida, entre amigos e amigas, no sector infanto - juvenil da Biblioteca Municipal Lídia Jorge de Albufeira.
Durante as férias escolares, a Biblioteca Municipal tem sempre actividades programadas, por isso, é só estares atento às datas das inscrições, que começam, mais ou menos, uma semana antes das férias, lembrares os teus pais e participar...
Boas Festas e Feliz Ano Novo Amigos e Amigas....

Foi assim no dia 22 Dez. na Biblioteca

No dia 22 de Dezembro de 2011, foi lido o Conto «A noite de Natal do Palhaço João-Surpresa», uma história que conta a aventura de um Brinquedo, de nome Palhaço João, que na noite de Natal resolve transformar-se em Pai Natal, para oferecer aos companheiros Brinquedos, presentes de Natal, pois estes, achavam que o Pai Natal não sabia, que eles também gostam de receber presentes. 

Depois, realizou-se o segundo Atelier de «Pequenas Lembranças de Natal», em que se fizeram um Anjo e um Boneco de Neve, feitos em musgami, para se pendurar, por exemplo numa maçaneta da porta. 
Neles as crianças podiam transmitir diferentes mensagens: Boas Festas, Feliz Natal, Bom Ano Ano...
Aqui ficam algumas fotos dos trabalhos:







dezembro 22, 2011

Foi assim no dia 21 Dez. na Biblioteca

No dia 21 de Dezembro de 2011, as crianças assistiram ao filme infantil: «Arthur e a vingança de Maltazard». Estava programado ver-se o «Segredo de Terabítia», mas a pedido de todos e através de votação, mudou-se o filme.
A sala da Hora do Conto foi transformada em Sala de cinema, almofadas no chão, luzes apagadas e "acção", o filme começou a rodar!


Depois do filme, as crianças puderam consultar alguns livros de Aventuras...
De seguida, realizou-se o Atelier «Pinturas & Rabiscos», onde se pintaram desenhos alusivos à época natalícia. Depois de pintados os desenhos, cada criança deu ainda um toque personalizado ao seu desenho.
Aqui ficam algumas fotos dos desenhos:




dezembro 21, 2011

Foi assim no dia 20 Dez. de 2011 na Biblioteca...

No dia 20 de Dezembro de 2011, a Biblioteca Municipal de Albufeira recebeu mais uma vez, um grupo de crianças, que assim puderam ocupar a manhã de férias, de uma forma diferente e divertida.
Primeiro, foi contada a história de Luísa Ducla Soares «Desejos de Natal»
Depois, deu-se inicio ao primeiro Atelier de «Pequenas Lembranças de Natal», onde as crianças fizeram um pequeno pendente para colocar na árvore de Natal, com um cd já sem uso e com algum trabalho e muita imaginação.
Aqui estão as fotos de alguns dos trabalhos feitos pelo grupo:

                     

dezembro 14, 2011

Novidades: Livros de Natal 2011

"Os Sapatos do Pai Natal" de José Fanha e Sandra Serra
Sinopse: Ninguém sabe os contratempos que um Pai Natal sofre para levar a tempo e horas todas as prendas que as crianças irão receber, mal abrirem um olhito na manhã de cada dia 25 de Dezembro! Eu, que fui Pai Natal durante vários anos, posso garantir-vos que, quando chega Dezembro, todos os Pais Natais andam de um lado para o outro com o coração nas mãos. Eu era apenas «um poeta guloso, comilão e bem-disposto». Mas um dia, o Pai Natal, o verdadeiro, o que vive na Lapónia - pediu-me que o substituísse naquele ano. E na verdade, eu tinha tudo para ser um óptimo Pai Natal: uma barriga redondinha, bochechas vermelhas e barba branca, e, sobretudo, uma enorme vontade de fazer as crianças felizes.

"Um Conto de Natal" de Fernando Nobre e Sandra Serra

Sinopse: Há muitos, muitos anos, viveu uma menina a quem nada parecia faltar. Mas, com a aproximação da noite de Natal, esta menina arruivada de olhos verdes e olhar melancólico percebeu que o mundo não se resumia ao luxo do solar onde vivia e que ela podia fazer a diferença na vida daqueles que sempre se habituara a avistar da varanda do seu quarto. Um conto de Natal que retoma os valores da solidariedade e da amizade, por vezes tão esquecidos nestes tempos modernos. A leitura ideal para uma ceia de Natal em família.

"Como Funciona o Pai Natal! Pop-up" de Alan Snow

Sinopse: O que sabemos ao certo sobre o Pai Natal? Como é que ele sabe o que queremos receber no Natal? Como consegue entregar os presentes todos? E o que faz depois do Natal? Há muitas outras perguntas que poderíamos fazer. Este espetacular livro pop-up responde a algumas delas.
O autor e ilustrador pega nas eternas questões sobre a misteriosa - mas encantada figura - que é o Pai Natal, para criar cenários pop-up fabulosas e cheias de humor. Os extraordinários cenários pop-up de "Como Funciona o Pai Natal!" vão deslumbrar crianças e adultos.

"As Minhas Histórias de Natal" de Vários Autores - Porto Editora
Sinopse: Aqui encontrará oito histórias especiais de Natal, contadas em palavras e imagens. Elas são perfeitas para partilhar com os mais pequenos, que irão adorar contá-las também.

"Um Natal Real" de Disney
Sinopse: Agora já podes comemorar o Natal com as tuas princesas favoritas da Disney. Neste livro maravilhoso vais encontrar histórias recheadas de amizade, alegria e espírito natalício. Ajuda a Ariel a encontrar os seus presentes perdidos de natal, passeia de trenó de neve com a Aurora, assiste à festa perfeita da Cinderela e comemora o Natal em Nova Orleães com a Tiana. Estas quatro histórias de Natal ajudam-te a acreditar que a magia desta quadra está sempre presente nos nossos corações.

Boas Leituras, Amigos e Amigas...

dezembro 07, 2011

Vamos Conhecer: ALEXANDRE HONRADO

Alexandre Honrado nasceu em Lisboa, em 1 de Novembro de 1960.
Estreou-se nas letras escrevendo peças de teatro, mas o seu primeiro livro publicado foi Castelinhos no Ar, um pequeníssimo conto com preocupações ecológicas, extraído de uma colaboração feita com um programa de Rádio.
Ainda estudante de Liceu, começou a colaborar em jornais e revistas, depois em rádio e televisão, tornando-se jornalista.
Licenciado em História, foi também professor, tendo leccionado muitos anos no Ensino Superior.
Com mais de quatro dezenas de títulos publicados em Portugal e no estrangeiro (a partir de Espanha, onde é editado), Alexandre Honrado é hoje considerado um autor de referência entre os mais jovens. Embora a maior parte da sua escrita seja de ficção (também para adultos), é ainda autor de manuais escolares, filmes, programas de televisão (infantis, documentários, séries, etc.) e dezenas de letras para canções.Foi um dos que participou na preparação do famoso programa Rua Sésamo.
Várias vezes premiado, o autor gosta de destacar a atribuição do Prémio de Literatura Infantil Comemorativo do 60º aniversário da Maternidade Alfredo da Costa ao seu livro História Dentro de uma Garrafa – por ter sido exactamente essa a maternidade onde nasceu.


Se quiseres conhecer as histórias de Alexandre Honrado, vem até à Biblioteca, temos vários livros deste autor:


Boas Leituras, Amigos e Amigas...

dezembro 05, 2011

Dia Internacional do Voluntário - 5 de Dezembro

Comemora-se no dia 5 de Dezembro o Dia Internacional do Voluntário. Esta data foi criada pela Assembléia Geral das Nações Unidas com o objetivo de incentivar e valorizar o serviço voluntário em todo mundo.


O que é o Voluntariado?
Segundo o art.º 2.º da Lei n.º 71/98, de 3 de Novembro

É o conjunto de acções de interesse social e comunitário, realizadas de forma desinteressada por pessoas, no âmbito de projectos, programas e outras formas de intervenção ao serviço dos indivíduos, das famílias e da comunidade, desenvolvidos sem fins lucrativos por entidades públicas ou privadas.
Não são abrangidas pela presente Lei as actuações que, embora desinteressadas, tenham um carácter isolado e esporádico ou sejam determinadas por razões familiares, de amizade e de boa vizinhança.

Resumindo o Voluntariado:

ESTÁ ao serviço das pessoas, das famílias e das comunidades, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida e do bem estar das populações.
TRADUZ-SE num conjunto de acções de interesse social e comunitário, realizadas de forma desinteressada, expressando o trabalho voluntário.
DESENVOLVE-SE através de projectos e programas de entidades públicas e privadas com condições para integrar voluntários, envolvendo as entidades promotoras.
CORRESPONDE a uma decisão livre e voluntária apoiada em motivações e opções pessoais que caracterizam o voluntário.

O que é ser Voluntário?
Segundo o art.º 3.º da Lei n.º 71/98, de 3 de Novembro
É o indivíduo que de forma livre, desinteressada e responsável se compromete, de acordo com as suas aptidões próprias e no seu tempo livre, a realizar acções de voluntariado no âmbito de uma organização promotora.
A qualidade de voluntário não pode, de qualquer forma, decorrer de relação de trabalho subordinado ou autónomo ou de qualquer relação de conteúdo patrimonial com a organização promotora, sem prejuízo de regimes especiais constantes da Lei.
Para saber mais acerca do que é ser voluntário e sobre a importância do Voluntariado visita o site:

Amigos e Amigas, sejam solidários e ajudem o próximo....