janeiro 31, 2012

Hora do Conto - Visita do Jardim de Infância de Olhos de Água

Entre os dias 17 e 31 de Janeiro, as salas do Jardim de Infância de Olhos de Água visitaram a Biblioteca Municipal Lídia Jorge para assistir à Hora do Conto, consultar e explorar os nossos livros...
A história do mês de Janeiro «És tu a Primavera?», serviu para falarmos das Estações do Ano, das características de cada uma, acerca da roupa que utilizamos e o que fazemos de diferente em cada uma das estações de ano.

Depois de ouvir a história, as crianças pintaram desenhos de pequenos ursos, tal como a personagem principal da história contada, a ursinha Ula, que não sabia o que era a Primavera.




Estes desenhos foram aproveitados para, conjuntamente com fotocópias da parte escrita da história apresentada, transformarem-se em um pequeno "livro" para levar de recordação para a sala e mais tarde relembrar a história.

Aqui ficam algumas fotos, da pequenada do Jardim de Infância de Olhos de Água na nossa Biblioteca:

janeiro 30, 2012

Hora do Conto - Visita do Jardim de Infância de Ferreiras

Entre os dias 11 e 27 de Janeiro, o Jardim de Infância de Ferreiras, e as suas 6 salas visitaram a Biblioteca Municipal Lídia Jorge, para mais uma vez dar a conhecer, aos mais pequenos, tudo aquilo que este espaço oferece aos seus utilizadores e também para assistir à Hora do Conto, na nosso cantinho das histórias.


A história do mês de Janeiro aborda o tema das estações do ano, e fala sobre a curiosidade da ursinha Ula, que nasce durante o Inverno, no interior da sua toca, mas que tem que esperar pela Primavera, para puder sair. Então a pequena Ula imagina e interroga-se acerca da Primavera, pois ela não sabia o que era...


Depois de ouvir a história da pequena ursinha Ula, as crianças coloriram com lápis de cor, diferentes desenhos de ursos, que todos juntos, depois de pintados, vão se transformar em um pequeno livro para levar de recordação acerca da história.
E depois, puderam consultar e explorar diferentes livros...
Aqui ficam algumas fotos:




Hora do Conto - Visita do Jardim de Infância de Vale Carro

No dia 26 de Janeiro, as duas salas do Jardim de Infância de Vale Carro, vieram visitar mais uma vez a Biblioteca Municipal Lídia Jorge e assistir à Hora do Conto.
Estas duas salas visitam regularmente a nossa Biblioteca e a Hora do Conto. Em Outubro passado, visitaram-nos e ouviram a história «Por favor, dá-me um açoite», desta vez a história fala-nos do Inverno e da Primavera, onde a pequena ursinha Ula pergunta, com insistência: «És tu a Primavera?»
Depois de ouvir a história e de conversar acerca das aventuras da pequena Ula, as crianças pintaram desenhos alusivos à história da pequena Ula e depois exploraram alguns livros da Biblioteca... Aqui ficam algumas fotos:



janeiro 12, 2012

Hora do Conto - Visita da EB 1º Ciclo de Ferreiras

As turmas A, B e C, do 1º ano da Escola Básica de 1º Ciclo de Ferreiras, visitaram a Biblioteca Municipal Lídia Jorge, entre os dias 5 e 12 de Janeiro, para conhecer o sector infanto-juvenil e assistir à Hora do Conto.
A História apresentada, na nossa sala da Hora do Conto foi: «O Susto da Toupeira Marota»

Primeiro, as crianças ficaram a saber, o que podiam encontrar nesta sala dedicada aos mais pequenos, desde de cd's de música, filmes infantis, jogos, revistas, desenhos para colorir e claro, muitos e muitos livros.


Falou-se de como devem ser tratados os livros e de como estão organizados numa Biblioteca.
Depois, chegou o momento de ir até à sala da hora do conto, ouvir a história.
Depois de ouvida a história e de se conversar um bocadinho acerca da história, as crianças puderam fazer um marcador de livros, para levarem de recordação, desta passagem pela Hora do Conto na Biblioteca Municipal Lídia Jorge.
Aqui ficam algumas fotos:
  

janeiro 11, 2012

Hora do Conto - Mala com Histórias de Encantar

As histórias que são contadas na Hora do Conto, na Biblioteca Municipal Lídia Jorge, são guardadas numa mala muito especial ... Querem ver?


janeiro 06, 2012

Dias dos Reis Magos - 6 de Janeiro

O dia dos Reis Magos segundo a tradição cristã, foi o dia em que os Reis Magos visitaram o recém-nascido Menino Jesus com oferendas para o Rei dos Judeus. Esta tradição remonta do séc. VIII. Esta data encerra os festejos natalícios em que são desarmados os presépios e retirados os enfeites de Natal.
A designação “Magos” era dada, entre os Orientais, à classe dos sábios ou eruditos, contudo esta palavra também era usada para designar os astrólogos. Isto fez com que, inicialmente, se pensasse que estes magos eram sábios astrólogos, membros da classe sacerdotal de alguns povos orientais, como os caldeus, os persas e os medos.

Quanto ao número e nomes dos Reis Magos são tudo suposições sem base histórica, no entanto, foi uma tradição posterior aos Evangelhos que lhes deu os nomes de Baltasar, Gaspar e Belchior tendo-se também atribuído a cada um deles características próprias.

Belchior seria o representante da raça branca (europeia) e descenderia de Jafé, Gaspar representaria a raça amarela (asiática) e descenderia de Sem, Baltasar representaria todos os de raça negra (africana) e descenderia de Cam. Estavam assim representadas todas as raças bíblicas (os Semitas, Jafetitas e Camistas). A adoração dos Reis Magos ao menino Jesus simboliza a homenagem de todos os homens na terra ao Rei dos Reis.

Os Reis Magos são então personagens que vieram do Oriente, guiados por uma estrela, para adorar o Deus Menino, em Belém.
Ao chegarem ao seu destino, os Reis Magos deram como presentes ao Menino Jesus, Ouro (oferecido por Belchior) que representa a sua nobreza, Incenso (oferecido por Gaspar) que representa a divindade de Jesus e Mirra (oferecido por Baltazar) erva amarga que simbolizava o sofrimento que Cristo passaria na Terra.

A tradição do BOLO REI

Reza a lenda que este doce representa os presentes oferecidos pelos Reis Magos ao Menino Jesus aquando do seu nascimento. A côdea simbolizava o ouro, as frutas secas e cristalizadas representavam a mirra, e o aroma do bolo assinalava o incenso.

Ainda na base do imaginário, a existência duma fava também tem a sua explicação: Quando os Reis Magos viram a Estrela de Belém que anunciava o nascimento de Cristo, disputaram entre si qual dos três teria a honra de ser o primeiro a entregar ao menino os presentes que levavam.
Como não conseguiram chegar a um acordo e com vista a acabar com a discussão, um padeiro confeccionou um bolo escondendo no interior da massa uma fava.
De seguida cada um dos três Magos do Oriente pegaria numa fatia.
O Rei Mago que tivesse a sorte de retirar a fatia contendo a fava seria o que ganharia o direito de entregar em primeiro lugar os presentes a Jesus.
O dilema ficou solucionado, embora não se saiba se foi, Gaspar, Baltazar, ou Belchior o feliz contemplado.

janeiro 04, 2012

Dia Mundial do Braille - 4 de Janeiro

No dia 4 de Janeiro comemora-se o Dia Mundial do Braille, dia do nascimento do inventor da escrita Braille - Louis Braille.
Louis Braille nasceu em Coupvray, a 4 de Janeiro de 1809 e faleceu em Paris, a 6 de Janeiro de 1852, foi o criador do sistema de leitura para cegos, que recebeu seu nome, Braille.

Hoje o método simples e engenhoso criado por Braille torna a palavra disponivel a milhões de deficientes visuais, graças aos esforços dedicados daquele rapaz à quase 200 anos.

O Braille é lido da esquerda para a direita, com uma ou ambas as mãos.
Cada célula Braille permite 63 combinações de pontos. Assim, podem-se designar combinações de pontos para todas as letras e para a pontuação da maioria dos alfabetos.


Vários idiomas usam uma forma abreviada de Braille, na qual certas células são usadas no lugar de combinações de letras ou de palavras frequentemente usadas.
Algumas pessoas ganharam tanta prática em ler Braille que conseguem ler até 200 palavras por minuto.

janeiro 03, 2012

Hora do Conto na Biblioteca - Janeiro 2012

No mês de Janeiro, as histórias escolhidas para a Hora do Conto, na Biblioteca Municipal Lídia Jorge foram:
Para  Jardins de Infância: «És tu a Primavera?»
A Ula está impaciente para ver o munco com neve no exterior da toca. Mas a Mãe Ursa diz que ela tem de esperar até à chegada da Primavera. A Ula fica curiosa. Quem é a Primavera? E quando é que ela vem? Uma forma engraçada de conhecer as estações.

Para as Escolas Básicas de 1º Ciclo: «O Susto da Toupeira Marota»

Ló é uma toupeira marota que desobece aos pais e resolve ir brincar sozinha na neve, sem dizer nada a ninguém. Já perdida e cheia de frio, ela cai num lago gelado, mas tem a sorte de ser salva por um coelho que passava ali perto. Ao regressar a casa com a sua família, a toupeirinha fica a saber como é importante dar ouvidos aos pais e fazer o que eles dizem.


Boas Aventuras, Amigos e Amigas...