setembro 24, 2012

Projecto Internet Segura

PROJECTO INTERNET SEGURA

A utilização das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) tem transformado profundamente a maneira como as pessoas vivem – como aprendem, trabalham, ocupam os tempos livres e interagem, tanto nas relações pessoais como com as organizações.

A par de todas as possibilidades e benefícios da utilização das TIC, nomeadamente no acesso ao conhecimento, na colaboração entre pessoas e organizações, na inclusão social e na criação de riqueza, é necessário assegurar, como para qualquer outro meio de interação, mecanismos e estratégias apropriados para minimização de eventuais abusos ou ilegalidades que ocorram com a utilização destas tecnologias.

A Comissão Europeia lançou em 1999 o programa Safer Internet, a que se seguiu em 2005 o programa Safer Internet Plus, com o objetivo de dinamizar projetos dos Estados Membros de promoção da utilização segura da Internet.

No âmbito do programa Safer Internet, a Direção Geral de Inovação e Desenvolvimento Curricular, através da Equipa de Missão Computadores, Redes e Internet (DGIDC-CRIE) do Ministério da Educação, desenvolveu, em 2004, o projeto Seguranet, para a promoção de uma utilização esclarecida, crítica e segura da Internet junto dos estudantes do ensino básico e secundário.

Uma das orientações estratégicas do programa de ação Ligar Portugal, adotado pelo Governo em Julho de 2005, era “Assegurar a Segurança e a Privacidade no Uso da Internet“, mais especificamente “garantir que todos, e em particular as famílias, dispõem de instrumentos para proteção de riscos que possam ocorrer no uso da Internet e têm informação sobre como os utilizar”.

A Janeiro de 2011, a então Fundação para a Divulgação das Tecnologias da Informação (atualmente integrada no IPDJ) passou a integrar o Consórcio Internet Segura, ficando responsável pela Linha Ajuda - serviço que iniciou funções em 1 de Junho de 2011. A integração e implementação da helpline nos serviços já disponibilizados pelo Consórcio, resulta da candidatura em 2010 ao Programa Safer Internet com a proposta "Centro Internet Segura Portugal".

O projecto Internet Segura tem quatro linhas de actuação principais:
  1. Sensibilização para a importância da navegação na Internet em segurança
  2. Informação sobre mecanismos e soluções para a navegação segura na Internet
  3. Formação de cidadãos e profissionais na utilização segura da Internet
  4. Operacionalização de uma linha de atendimento de denúncias de conteúdos ilegais e/ou ilícitos por qualquer pessoa que, em estreita colaboração com as forças judiciais e os fornecedores de serviços de Internet, dê maior celeridade à avaliação dos conteúdos assinalados e à concretização de medidas adequadas.
Para conheceres todas as funcionalidades, informações e opções do Projecto Internet Segura, acede ao site oficial: 



Amigos e Amigas,
Lembrem-se que para se navegar pela internet, devemos conhecer as regras de segurança que devemos adoptar para evitar situações desagráveis e perigosas...

Sem comentários: